Filipe Toledo superou Samuel Pupo com nota 10.

Ele venceu em Saquarema pela quarta vez na carreira e se isolou ainda mais no ranking mundial. Carissa Moore foi campeã no feminino

Filipe Toledo segue imparável. Na disputa da etapa em Saquarema da WSL, no Rio de Janeiro, o surfista brasileiro superou Samuel Pupo, com direito a uma nota 10 na final, e ficou com o título. Com o resultado, Filipinho se tornou tetracampeão da etapa brasileira e se isolou como maior vencedor em águas cariocas. Além disso, o brasileiro se isolou ainda mais na liderança do ranking mundial.

“A final um momento em que eu não tenho mais nada. Ou eu doo o melhor de mim ou não faço nada. Quero dividir esse momento com a minha família e os meus amigos. Cheguei perto do título muitas vezes nessa temporada, mas não consegui. Agora estou aqui feliz e realizado. Quero agradecer a todos que jogaram comigo a semana inteira e à torcida do Brasil, que é diferenciada”.



Filipe Toledo venceu a etapa de Saquarema em 2015, 2018, 2019 e 2022. Antes do título conquistado nesta terça-feira, o brasileiro dividia o posto de maior campeão em praias cariocas com Dave Macaulay, que ficou com o título em 1988, 1989 e 1993.

Já garantido no WSL Finals, Filipe Toledo segue mantendo o bom momento no surfe mundial. Com o título, o brasileiro se isola ainda mais na primeira colocação e agora tem como meta buscar ficar com a camiseta amarela para a hora da decisão do título mundial, para ter vantagem na disputa do título. Vale lembrar que o surfista que chegar para a etapa final da temporada, que acontecerá em Tresltes, na Califórnia, poderá ficar com o título disputando apenas duas baterias em águas americanas.



Resolvendo a final rapidamente

Filipe Toledo não deu chances para Samuel Pupo. Depois de ambos venceram compatriotas na semifinal, fato que aconteceu pela primeira vez na história, Filipinho não deu chances. Colocando tudo que tinha logo nos primeiros momentos, Toledo conseguiu um 10 unânime dos juízes por conta de um aéreo e encaminhou a vitória.

Na sequência, Filipinho emendou uma série de manobras e chegou em 18.67. Com isso, o surfista deixou Samuel Pupo precisando de uma combinação para ficar com o título e, com menos de 20 minutos para o fim, foi só questão de esperar a buzina para que Filipe Toledo fosse confirmado como campeão.

Carissa Moore vence entre as mulheres

Atual campeã mundial e olímpica, Carissa Moore venceu uma etapa da atual temporada da WSL pela primeira vez. Na decisão em Saquarema, a surfista, que lidera o ranking mundial, superou Johanne Defay, da França. Com uma final muito movimentada, Moore cresceu na reta final e manteve a liderança da bateria até o soar da buzina.

Tatiana Weston-Webb, única brasileira na chave feminina, foi eliminada na semifinal por Carissa Moore e ficou com o terceiro lugar na etapa.