top of page

Amazonia Live é um dos projetos sociais do Rock in Rio

O Rock in Rio, mais que um festival de música, é uma experiência de transformação. Desde sua origem, há 34 anos, o encontro de tantas vozes e tantos sonhos abriu uma janela para um mundo melhor.

Por isso, o Rock in Rio tem enorme responsabilidade no qual o impacto das ações e como inspirar milhões de pessoas.



Com o Amazonia Live, por meio de doações do público e parcerias com entidades de importância mundial, como o projeto paisagens Sustentáveis da Amazônia, no qual restaura uma área equivalente a 28 mil campos de futebol, dando oportunidade a agricultores familiares e comunidades indígenas de gerarem renda e permanecerem nas suas aldeias de origem. Também a partir de planos de redução de emissão de CO2, de gestão de resíduos, de acessibilidade e mobilidade, foi construído festival que a cada edição aprimora suas ações de sustentabilidade, e assume o dever de encarar eventuais impactos negativos, buscando reduzi-los, compensá-los e minimizá-los.

Graças a esses esforços, o Rock in Rio recebeu em 2013 uma das primeiras certificações do mundo na norma internacional ISO 20121 – SISTEMAS DE GESTÃO DE EVENTOS SUSTENTÁVEIS, no âmbito da gestão sustentável do maior evento de música e entretenimento do mundo.



Ao atrair público de todo o Brasil e de mais 55 países, geraram 20 mil empregos - diretos e indiretos por edição -, fazendo a roda do turismo girar. O impacto econômico no Rio de Janeiro gira em torno de de 1,7 bilhão de reais por edição.

Mais de 700 mil pessoas passarão pela Cidade do Rock, ao longo do evento, e entrarão em contato com uma diversidade cultural incrível. Da Rock Street Asia, com a cultura oriental, ao Espaço Favela, com toda potência artística e empreendedora das favelas do Rio de Janeiro. Das experiências sensoriais da NAVE que nos remetem para o mundo do futuro aos grandes espetáculos do Palco Mundo. Em tudo há um convite a participar, entender, respeitar e – como aprendemos no primeiro em 85.

Rock in Rio segue multiplicando alegria, respeito, afeto, cultura, emoção e consciência.

Após o lançamento do plano de sustentabilidade em 2010, como uma evolução do manual de boas práticas criado em 2008, foi assumido o compromisso de compreender plenamente o impacto e identificar maneiras de minimizar os efeitos negativos e maximizar os legados positivos ambientais, sociais e econômicos do evento.

O Rock in Rio recebeu em 2013 a primeira certificação na América na norma internacional ISO 20121 no âmbito da gestão sustentável do maior evento de música e entretenimento do mundo. Esta certificação é o reconhecimento ao poder realizador da marca que desenvolve diversas ações no âmbito do seu compromisso com a construção de um mundo melhor, assumindo a responsabilidade dos seus impactos, minimizando os negativos e potenciando os positivos, desenvolvendo ainda ações para a compensação dos impactos negativos sociais, ambientais e econômicos que sejam inevitáveis.

Em cada edição do Rock in Rio, são avaliadas 15 questões identificadas como chave para garantir a sustentabilidade do Rock in Rio, a Amazonia Live é um dos projetos sociais. Através dele, o Rock in Rio vai plantar mais de três milhões de árvores na maior floresta tropical do mundo. Unindo milhares de pessoas que acreditam que podemos fazer um mundo melhor em uma plataforma colaborativa e rock ‘n’ roll!


Fonte:

www.rockinrio.com

www.amazonialive.com.br

bottom of page